Salvador sucede a ... Salvador!

Sem alternativas, Salvador não quis deixar "cair o clube no vazio". Segundo o presidente, "era necessário criar estruturas para um grande clube e neste mandato tudo vou fazer para construir a Academia. Apresentei uma proposta á Camara e dentro do possivel a CMB vai ajudar. Nunca tive problemas com a CMB mas quero apenas unificar todos os bracarenses em torno de um projecto válido e ambicioso".Sobre Jorge Costa, assumiu ser "uma aposta sua" mas que não rendeu aquilo que se esperava face aos valores do plantel."Acabou o ciclo..vamos pensar noutro...." referiu.Salvador continua com o seu núcleo duro depois de 4 anos e meio na liderança.

António Caldas assume provisoriamente comando técnico

Em consequência da saída de Jorge Costa de treinador do Sporting Clube de Braga, a administração do Sporting Clube de Braga Futebol SAD decidiu entregar provisoriamente o comando da equipa principal ao técnico dos juniores do clube António Caldas.
António Caldas é um técnico da “casa” que já desempenhou funções de treinador nos vários escalões incluindo a extinta Equipa B do Sporting Clube de Braga.

BOA SORTE MISTER!!

Leixões-Sp.Braga antecipado

O jogo entre o Leixões e o Sp. Braga do próximo sábado, inicialmente aprazado para as 17.45 horas, foi antecipado para as 15.15 horas devido ao atraso na chegada do material que permitiria inaugurar a nova iluminação do Estádio do Mar.
Em comunicado, o Leixões explica que o material eléctrico proveniente da Alemanha só chegará a Portugal na sexta-feira, contrariamente ao prazo de entrega acordado, o que impossibilita os testes finais e a homologação de todo o equipamento por parte da Liga.O Leixões informa ainda terem já sido obtidas todas as autorizações necessárias para a alteração da hora do jogo, relativo à nona jornada da Bwin Liga.
in aBola

Jorge Costa deixa o comando técnico do SCBraga!!!

Após o jogo com a Naval, o presidente António Salvador, reuniu-se com o técnico e depois de uma pequena conversa, comunicou-lhe a decisão, imediatamente aceite e entendida pelo treinador.As exibições menos conseguidas e os resultados verificados, nada condizentes com os objectivos e pergaminhos do clube, estiveram na base desta decisão.No entanto, a SAD do S. C. Braga não pode deixar de agradecer o brio profissional e a dedicação ao clube demonstrada por Jorge Costa durante o tempo em que serviu o S. C. Braga.O trabalho da equipa foi entregue provisoriamente aos técnicos-adjuntos.
in scbraga.pt

Mais desporto em canal aberto

Transmitir jogos de Portugal numa fase final de Mundiais ou Europeus em canal pago, como aconteceu com os lobos no Mundial de râguebi, deixará de ser possível no próximo ano, de acordo com a publicação, ontem, em Diário da República dos eventos de interesse público.
... E, por isso, obrigatoriamente alvo de transmissões televisivas em canal aberto (RTP, SIC ou TVI).A saber, a lista inclui todos os jogos oficiais da Selecção Nacional A de futebol; play-off e fase final do Euro-2008 (sub-21); um jogo por jornada da Liga, com uma das três equipas mais bem classificadas nas últimas cinco épocas; um jogo de equipas portuguesas por jornada, ou por mão de eliminatória, da Liga dos Campeões; um jogo de equipas portuguesas, por eliminatória da Taça UEFA, a partir dos quartos-de- final; todas as finais de competições de clubes da UEFA, incluindo a Supertaça Europeia; Volta a Portugal em bicicleta; cerimónias de abertura e de encerramento e todas as participações portuguesas nos Jogos Olímpicos Pequim-2008; participações de atletas e Selecções portuguesas em fases finais de Mundiais e Europeus; finais de provas oficiais internacionais em que participem equipas portuguesas de andebol, basquetebol, hóquei em patins e voleibol.
in aBola

Naval e Sp. Braga empatam

Naval 1.º de Braga e Sporting de Braga empataram, esta segunda-feira, a um golo na Figueira da Foz. Saulo inaugurou muito cedo o marcador para os da «casa», que ficaram reduzidos a 10 logo depois do tento do empate, apontado por Roland Linz através de grande penalidade.
Os bracarenses chegaram a dar ideia que poderiam ter consumado a reviravolta completa no marcador, dado que a expulsão de Elivelton, quando faltava pouco mais de meia hora para o término, alterou por completo o rumo da partida.Isto porque a Naval entrara praticamente a vencer, fruto do golo de Saulo à passagem dos... 30 segundos de jogo, obrigando o Sp. Braga a ir atrás do prejuízo e a imprimir ritmo agradável à partida. Porém, só na segunda parte, e através de grande penalidade, o empate viria a surgir, numa decisão muito contestada por parte do árbitro Bruno Paixão, que pouco depois viria ainda a dar ordem de expulsão ao avançado brasileiro da Naval.Os figueirenses reforçaram, então, a defesa, cientes que o empate valeria a fuga aos lugares de despromoção, enquanto, do lado dos arsenalistas, Jorge Costa já há muito que tinha apostado tudo no ataque. O empate, no entanto, perdurou.
Ficha do jogo:
Estádio Municipal José Bento Pessoa, na Figueira da Foz
Árbitro: Bruno Paixão (Setúbal)
Naval – Taborda; Mário Sérgio, Paulão, Diego e China; Davide (Eanes, 85 m), Gilmar, Dudu (Lopes, 62 m) e João Ribeiro (Hugo Santos, 76 m); Elivelton e Saulo.
Sp. Braga – Paulo Santos; João Pereira, Paulo Jorge, Rodriguez e Carlos Fernandes; Vandinho, Madrid e Jorginho; Hussaine (Linz, 46 m), João Tomás (Jailson, 52 m) e Wender (José Manuel, 46 m).
Disciplina: cartão amarelo a Davide (44 m), Elivelton (53 e 60 m), Mário Sérgio (56 m), Paulo Jorge (81 m) e Vandinho (90 m); cartão vermelho por acumulação a Elivelton (59 m).
Marcador: 1-0 por Saulo (1 m); 1-1 por Linz (57 m, g.p.).
in aBola

Um triunfo épico!!!!

Fantástico, emocionante, intenso, frenético... São poucos os adjectivos para classificar o jogo do fim de semana da equipa do S.C.Braga/AAUM.

S.C.Braga/AAUM e Académico Mogadouro proporcionaram, no passado Sábado, muita emoção num grande jogo de futsal no Pavilhão Desportivo de Gualtar em jogo a contar para a 4ª jornada da 2ª Divisão Nacional de Futsal, série A.

O Mogadouro apresentou-se em campo com um plantel maioritariamente constituído por jogadores brasileiros, facto que revelou a excelente qualidade técnica evidenciada pela equipa transmontana durante a partida.

Dentro das quatro-linhas, o marcador “mexeu” bem rápido, sendo que logo no primeiro minuto o Mogadouro aproveitou um erro defensivo para se adiantar na partida. Aos cinco minutos dilatou a vantagem, mas aos oito, o recém entrado Rui Anão, reduziu para 1-2. O jogo ficou morno a partir desse momento pelo que, só aos 15 minutos, o marcador voltou a sofrer alterações. Os visitantes alcançaram o 1-3 e, a um minuto do final da primeira metade, dois golos, um para cada lado fazem o resultado com que se chegou ao intervalo, 2-4. Ninguém imaginava o que a segunda parte iria proporcionar.

O S.C.Braga/AAUM entra claramente motivado na segunda metade, mas acaba por consentir um golo bem cedo. Com o resultado a assinalar 2-5, foi a vez de André Machado, em três minutos, reduzir o marcador apontando dois golos que deixaram a equipa da casa com desvantagem mínima no placrad. Pelo meio tempo ainda para a expulsão de Pli, guarda-redes da casa. No entanto, e quando os bracarenses “encostavam” o Mogadouro, num lance de pressão sobre o capitão Lino, acabam por conseguir recuperar a posse de bola e fazer o 4-6. O mesmo Lino, no lance de reposição marca, deixando, uma vez mais, os “estudantes” com desvantagem mínima no marcador. Com a equipa a jogar com mais um jogador de campo e a contar com o incessante apoio do público, os bracarenses igualaram a partida no último minuto. O jogo podia acabar por aqui… Mas não. Ainda havia coração e determinação na equipa minhota. Rui Anão, bastante acarinhado pela massa associativa, num último fôlego, aponta o melhor golo da tarde… Um chapéu ao guarda-redes forasteiro. Uma execução de grande primor técnico. Resta dizer que este golo acontece a cinco segundos(!) do final da partida, colocando, por isso, todo um pavilhão ao rubro, saltando e entoando bem alto os nomes do S.C.Braga e da AAUM. Um hino ao futsal!

Esta foi, sem dúvida, uma vitória moralizadora para a formação bracarense que estreou o técnico Pedro Palas no comando da equipa.

Com este resultado o S.C.Braga/AAUM mantém o 2º lugar, em igualdade pontual com o G.D. Boticas, na perseguição ao líder Módicus/Sandim que ainda não perdeu pontos na presente temporada. Na próxima jornada, a equipa do S.C.Braga\AAUM desloca-se ao terreno do Lameirinhas que ocupa a nona posição na tabela, sendo que pelo meio há Taça de Portugal de Futsal/FUTSAGRES que vai levar a equipa minhota a Boticas para defrontar o desportivo local.

Cinco inicial do S.C.Braga/AAUM: Pli, Coroas, Lino, Magalhães e André Machado. Jogaram ainda Rui Anão, Hugo Abreu e André Costa.

Pli foi o único homem da turma da casa a ser excluído, ao passo que o Mogadouro viu três dos seus atletas serem excluídos no decorrer da partida.

Os golos dos nossos "heróis" foram apontados por Rui Anão (3), Lino (2) e André Machado (2).

Mais informação sobre a equipa aqui

Jorge Costa:

"O objectivo do Braga é claramente vencer esta partida", afirmou taxativamente Jorge Costa.
"Sabemos que a vitória não nos dará direito a um salto significativo na tabela classificativa, mas é nosso objectivo encurtar distâncias, de forma a que, daqui a duas ou três jornadas, já possamos estar no lugar que é nosso por mérito e por direito"

Naval - SC Braga: Lista de Convocados

Para o jogo de amanha na Figueira, Jorge Costa tem como principal novidade na convocatória Hussaine César Peixoto cumpre castigo, por isso não fez parte das contas para o jogo. Baylón sofreu um “toque” no último treino preparatório e será reavaliado. Bruno Tiago mantém o plano de recuperação. Stélvio está ao serviço da Selecção Nacional Sub-19.






Aqui ficam os 18 convocados:



1- Paulo Santos

12- Dani

2- Rodriguez

3- Paulo Jorge

5- R. Brum

7- Jorginho

8- Hussaine
9- João Tomás

13- Carlos Fernandes

14- Castanheira

15- Wender

18- Zé Manel

20- Jaílson

22- Anílton

23- Madrid

29- Linz

47- João Pereira

88- Vandinho

in scbraga.com

Bolton 1 - Braga 1: Video do jogo

João Pinto recusa acusação

A presença de João Pinto na festa do primeiro aniversário da Porto Canal, no dia 27 de Setembro, está na origem do processo disciplinar instaurado ao jogador e que o afastou das convocatórias do Sp. Braga. O médio já se reuniu com a SAD, na tentativa de solucionar o problema.
O emblema minhoto terá acusado o jogador de incumprimento das regras internas, pelo facto de ter estado numa festa para além das horas consideradas razoáveis. João Pinto recusa prestar declarações, mas A BOLA apurou que arrolou testemunhas que apresentam outra versão. Rui Terra, organizador da festa da Porto Canal, na discoteca Twins, no Porto, diz-se disponível para defender o futebolista e contraria a acusação. Segundo o relações públicas, o comportamento do jogador foi exemplar: «Às quintas-feiras, a discoteca está fechada e só funciona o restaurante. O jantar estava marcado para as 21.30 horas, mas atrasou-se e o João Pinto disse-me logo que não poderia continuar, porque tinha de ir para casa. Eu, que nada percebo de futebol, insisti para não o fazer, mas o João foi intransigente e abandonou a festa minutos depois do Pedro Emanuel, que também lá esteve.» Rui Terra não compreende os problemas que o futebolista está a viver e mostra-se disponível para o defender: «Estou pronto para ser testemunha dele. Aliás, o mesmo deverá suceder com as 100 pessoas que estavam no aniversário, porque presenciaram a situação. Ninguém ficou indiferente ao facto de o João Pinto e de a Marisa Cruz terem deixado a festa tão cedo.»

Empate do Braga importante para Portugal

O empate do Braga em Inglaterra, frente ao Bolton (1-1), permitiu a Portugal ganhar mais uns pontinhos no ranking da UEFA. A Holanda está portanto mais próxima, até porque o AZ Alkmaar também não foi além da divisão de pontos na Rússia, frente ao Zenit (1-1). Só nesta jornada, europeia - somando os pontos conquistados na Liga dos Campeões com os da Taça UEFA, Portugal ganhou 0,248 pontos aos holandeses, que não podem descuidar-se muito ou arriscam ver Portugal ultrapassá-los a curto prazo. A Holanda foi mesmo um dos países que menos pontuou nesta jornada. Pior desempenho só mesmo o da Roménia, entre os dez primeiros. Os romenos estão a um passo de ver a Alemanha ultrapassá-los, situação que pode verificar-se já na próxima ronda europeia, a manter-se a tendência. Em relação à Ucrânia, a diferença aumentou, o que deixa Portugal confortavelmente instalado no nono lugar.

Jorge Costa reclama «penalty»

Ficou a sensação de que o Sp. Braga podia ter saído de Inglaterra com os três pontos. Ainda assim, Jorge Costa não ficou descontente com o empate. «O resultado não me satisfaz totalmente, pela forma como a equipa se apresentou em campo», revelou, lembrando depois o lance capital do encontro.
«Houve um penalty nítido que não deixou dúvidas a ninguém e podia ter mudado o rumo do jogo». Numa análise mais pormenorizada sobre o encontro com os ingleses do Bolton, o treinador considerou que o Sp. Braga não podia ter sido mais ambicioso: «É preciso ver que se tratou do primeiro encontro do grupo e se jogássemos de peito aberto corríamos o risco de perder.»A entrada de Jaílson deu frutos e Jorge Costa reconheceu que foi feliz nas substituições: «Foi uma aposta ganha, embora no final de um jogo seja sempre mais fácil avaliar uma situação. Marcou o golo do empate e esteve muito bem.»E por que razão não entrou João Tomás? «Se apostasse nele seríamos obrigados a jogar em 4x4x2, um esquema que os ingleses conhecem bem e com o qual não iríamos surpreender», explicou Jorge Costa, lembrando que o empate «não é um resultado mau de todo».

Sporting de Braga empata com Bolton

O Sp. Braga empatou 1-1 no terreno do Bolton, no jogo inaugural da fase de grupos (F) da Taça UEFA. Diouf colocou os ingleses em vantagem (66 m), Jailson (85 m) restabeleceu a igualdade (85 m) para os «arsenalistas», que viram o árbitro negar-lhes uma grande penalidade (70 m).
Único sobrevivente português na Taça UEFA, o Sp. Braga «acusou» a ausência de João Pinto (suspenso), tanto mais que o Bolton deu-lhe amplas liberdades na zona do meio campo. Primeira parte equilibrada, com escassas situações de perigo para as duas balizas. Só aos 11 minutos os bracarenses levaram algum perigo à baliza de Jaaskelainen, através de César Peixoto. Por sua vez, o Bolton alinhava pela mesma toada de jogo: muitos passes falhados e falta de engenho para chegar à área contrária. A primeira situação de perigo para a baliza de Paulo Santos apenas surgiu aos 20 m, por intermédio de Anelka, de cabeça. O nulo ao intervalo ajustava-se ao desenrolar do jogo.A toada morna manteve-se na segunda parte. O jogo precisava de um abanão e o mesmo surgiu aos 66 minutos, quando Diouf saltou à vontade na área bracarense, sem marcação, e cabeceou para o golo, após bom cruzamento de Davies. Jorge Costa mexeu no onze e as entradas de Stélvio e José Manuel deram-lhe melhor dinâmica ao jogo dos arsenalistas. Ainda assim, o Bolton esteve perto de facturar o segundo golo aos 69 m, mas volvido um minuto o Sp. Braga viu o árbitro negar-lhe uma grande penalidade, ao não sancionar falta de A. Obrien sobre José Manuel, na área de rigor. A entrada de Jailson (76 m) viria a ser importante para os bracarenses, ao marcar o tento do empate (85 m), de cabeça, após cruzamento de João Pereira. Uma igualdade com sabor a pouco para a turma de Jorge Costa, que sem jogar bem foi a melhor equipa em campo. Ficou a sensação de que poderia ter forçado um pouco mais e sair do Reebok Stadium com os três pontos, diante de uma equipa ao seu alcance e que ocupa a última posição da Premier League inglesa. Ainda assim, um resultado positivo, tanto mais que esteve em desvantagem no marcador.No outro jogo do Grupo F, o Bayern Munique foi vencer por 3-2 ao reduto do Estrela Vermelha de Belgrado, assumindo a liderança com três pontos.O Sp. Braga folga na próxima jornada (8 de Novembro), recebendo o Bayern de Munique a 29 do mesmo mês.

Reebok Stadium, em Bolton

Árbitro: Darko Ceferin (Eslovénia)

BOLTON – Jaaskelainen; Hunt, Meité, A. Obrien e Cid; Speed, Garder (Andranik, 82 m), McCann e Guthrie (Diouf, 61 m); Anelka e Davies.

SP. BRAGA – Paulo Santos; João Pereira, Paulo Jorge, Rodriguez e César Peixoto; Vandinho, Andrés Madrid (Jailson, 76 m), Castanheira (Stélvio Cruz, 67 m) e Wender (José Manuel, 67 m); Jorginho e Linz.Ao intervalo: 0-0

Golos: 1-0, Diouf (66 m); 1-1, Jailson (85 m).

Resultado final: 1-1


Cartão amarelo a Castanheira e Cid.

João Pinto está suspenso

BOLTON — João Pinto foi suspenso pela sociedade desportiva do Sporting de Braga, tendo-lhe sido instaurado um processo disciplinar. Na base da decisão estará, apurou A BOLA, a violação de regras estabelecidas no clube.A ausência de João Pinto, que face às circunstâncias especiais vividas nas últimas semanas não indiciava nada de anormal em termos desportivos, passou a polarizar as atenções a partir do momento em que a SAD abordou o problema em moldes um pouco ambíguos, sem admitir que o futebolista está suspenso.Jorge Costa tinha, durante a conferência de imprensa, evitado explicações, até para não abrir precedentes que o forçassem a comentar todas as opções. Mas o assunto nem sequer passa pelo técnico, que já com o Hammarby e o Nacional não contara com João Pinto.Ontem, ficou a saber-se que o clube se orgulha de cumprir os compromissos assumidos com os seus profissionais, exigindo o mesmo tipo de comportamento. Se João Pinto tem problemas pessoais para resolver terá de o fazer de forma a não lesar a SAD, sujeitando-se a sofrer as respectivas consequências, que neste momento passam pela suspensão, com processo disciplinar e obrigação de se treinar com os não convocados.

in A Bola

AAUM\S.C.Braga volta a casa!!!!


depois de um resultado menos conseguido, este fim de semana contra um adversário fortissimo, a aaum vai tentar regressar às victórias!!! o que só poderá acontecer com o apoio de todos!!!
Apareçam!!!!!

"Na pista do quarto grande"

Arranca em Bolton a participação do Sp. Braga esta época entre a elite europeia de clubes. É a quarta qualificação consecutiva para a Taça UEFA mas o seu presidente tem sussurrado ambições maiores. Fala na Champions, em ganhar uma Taça. Nada mais legítimo. O título já é outra questão. Para lá chegar só numa época com os três grandes todos em depressão exibicional simultânea. Não é, porém, razão para sentirem frustração. O nível que o clube atingiu nas últimas épocas tornou-o, desportivamente, o quarto grande. E, muitas vezes, a melhor resposta em Portugal à pergunta o que é jogar bem foi sugerir ver um jogo do Sp. Braga.O clube encontra-se hoje num momento chave. Conseguir ser o quarto grande não apenas por resultados desportivos circunstanciais (como já foram, noutros ciclos, Belenenses, Boavista ou Guimarães) mas sim pelo seu estatuto como clube, independentemente de a bola entrar ou bater no poste. A recuperação económica é um facto e num futuro próximo será inevitável, pela natural erosão do tempo, viver sem a mesma mão camarária que, para o bem e para o mal, lhe balizou o destino durante três décadas. E 30 anos é muito tempo. De mais mesmo se olharmos que de património o clube nada tem. Por isso a falada Academia de Futebol (com maior ou menor especulação imobiliária) é decisiva para construir esse futuro como quarto grande num clube que sempre teve excelente formação e, paradoxalmente, andou sempre com a casa às costas para esse miúdos se treinarem.No relvado a equipa vive ainda sem uma identidade. É verdade que o clube não pode fugir aos bons negócios mas custa ver lógica desportiva para o Braga vender e, sobretudo, comprar tantos jogadores todas as épocas. Nesta foram 16! Jorge Costa ainda não conseguiu equilibrar o onze. A equipa é forte a atacar, com extremos perigosos (Wender, José Manuel, Hussaine) no um para um e inteligentes em triangulações com a subida dos laterais (João Pereira e César Peixoto) ou em trocas posicionais com os médios de segunda linha (Jorginho ou João Pinto) servindo um bom ponta-de-lança (Linz), mas, depois, sofre muito quando fica sem bola. É esse o grande problema do actual Braga: a transição defensiva. Os laterais fecham mal em recuperação, Madrid está demasiado encostado aos centrais, Vandinho perdeu a intensidade do passado para ser o box to box defesa-ataque-defesa, ficando muitas vezes a meio caminho. Tudo isto sucede em 4x3x3 ou 4x4x2.Como o actual momento do Boavista explica, ser o quarto grande não passa por ganhar esporadicamente um título nacional. Passa por criar bases (estruturas próprias cruzadas com gestão financeira e desportiva realista) que no futuro tornem o clube independente. Da terra ou do céu."
Por LUÍS FREITAS LOBO, in aBola

Bolton - Braga - Warm Up (5)

UEFA CUP - Grupo F

Bayern sem Ribéry e Luca Toni

O francês Franck Ribéry e o italiano Luca Toni são baixas confirmadas no Bayern Munique para o encontro desta quinta-feira em Belgrado diante do Estrela Vermelha, a contar para o grupo F da Taça UEFA, o mesmo em que está inserido o Sp. Braga.
Ribéry não recuperou de um toque sofrido no jogo do fim-de-semana passado com o Bochum, enquanto o avançado italiano padece de sintoma gripal, pelo que o técnico dos bávaros preferiu também não arriscar a sua utilização.
O Bayern, de resto, também estará sem os defesas Martin Demichelis (igualmente engripado) e Daniel van Buyten (traumatismo na coxa), mas o francês Valérien Ismaël já entra nas opções, após mais de seis meses de ausência.
in aBola

Hussain sem visto não foi convocado

Tanta correria para nada. Depois de ter sido assaltado há uma semana em Lisboa, onde perdeu tudo, incluindo o passaporte, Hussain chegou a ver a luz ao fundo do túnel com a notícia de que uma segunda via do referido salvo-conduto vinha a caminho no domingo desde o Catar, devidamente vigiada por um paquete da sua confiança, mas de pouco valeu o esforço dos amigos e familiares. Quando se preparava para regressar, na tarde de ontem, ao local do crime (Lisboa), já com o passaporte na mão (foi-lhe entregue na noite de segunda-feira), a fim de requerer, na embaixada de Inglaterra, um visto de estada de curta duração, documento essencial para qualquer cidadão extracomunitário, acabou por saber que esse seria um esforço inglório, pois os serviços da repartição apenas funcionaram no período da manhã. A alternativa seria tentar a sorte ainda esta manhã, ao mesmo tempo que a equipa voava para o Reino Unido, embora sem certezas de nada e com uma longa jornada pela frente - teria de apanhar depois um voo da Swiss Air, que, depois de fazer escala em Zurique, chegaria a Manchester apenas pelas 18h30. Outros transportes além deste seriam absolutamente impossíveis, uma vez que todos os voos da TAP agendados para hoje estão totalmente lotados em virtude da greve dos pilotos de ontem. Perante este mar de incertezas, Jorge Costa optou então por excluir Hussain da lista de convocados, que apenas foi divulgada ao fim do dia.
in oJogo

delocação à Naval

O S. C. Braga desloca-se na próxima segunda-feira (29 Outubro, às 19h30) à Naval 1º Maio para jogar a 8ª jornada da Superliga.
Tal como tem acontecido em grande parte dos jogos disputados fora, o S. C. Braga disponibiliza um Pack Viagem para todos os sócios e adeptos que queiram apoiar a equipa no terreno do adversário.
Este Pack Viagem inclui Viagem + Bilhete e custa apenas 13,50€.
A saída será do Estádio 1º de Maio às 16h15.
Os bilhetes para esta viagem encontram-se à venda a partir desta 3ªfeira à tarde, na secretaria do Clube no Estádio 1º de Maio.
Adquire já o teu Pack Viagem e apoia o teu clube do Coração!
in:scbraga.pt

O que os outros dizem ... S.C.Braga bem cotado!

Group F
This one's easy. Bayern Munich astride the group like a colossus. Favourites for this group and early favourites for the UEFA Cup altogether. Look for them to be the only side to finish the group stage with 12 points from four straight wins. All the other teams will be looking for damage control in their games against the German behemoths and the only race in this group is the one for second place.
Behind Bayern I'm tempted to place Sporting Braga. Their main rivals for that spot would be England's Bolton Wanderers who they play on Match Day 1. However, the Portuguese side make up for being the away team in that game with an abundance of flair and skill. And they intend to play football, as opposed to Bolton, Nicolas Anelka apart, who seem intent on kicking and bruising opponents.Bolton barely scraped past Rabotnicki in their qualifying fixture while Braga made up for losing the away leg by hammering Hammarby in the return fixture. Since both teams will probably lose to Bayern, the other tie that should make a difference to both sides would be their respective games against ex-European Champions Red Star Belgrade.
Whereas Bolton travel to Belgrade, Braga, crucially, play the Serbian side at home.Worryingly for Bolton (and Braga), if they slip up against Red Star, they could even fall behind them into fourth place. Bolton should especially be worried as they are quite simply too bad a team to worry opponents whereas Braga have a more creative style that leads to more goalscoring oportunities. And Bolton have no manager and Anelka will almost certainly leave before long.
Sentimentally it would be great to see Red Star progress at the expense of the English team, and it they can pick up four points from the two fixtures against Bolton and Aris (whom they play away), they most certainly will.

Projected Finish: 1 Bayern. 2 Braga. 3 Red Star. 4 Bolton. 5 Aris.

Bolton - Braga - Warm Up (4)

Grande dúvida é Jorginho
Começou na manhã de ontem a recta final da preparação da equipa do Braga para o jogo de quinta-feira com o Bolton (20 horas), a contar para a primeira jornada da fase de grupos da Taça UEFA. Estava prevista uma folga para o plantel, mas a má exibição realizada pelos bracarenses no jogo-treino de anteontem com o Trofense (1-3) levou a equipa técnica a "castigar" os jogadores, fazendo-os voltar aos relvados secundários do Estádio Axa para mais uma sessão de trabalho.A quatro dias da partida em Inglaterra, a grande prioridade dos arsenalistas é a recuperação dos jogadores lesionados, sobretudo Jorginho, Frechaut e Zé Manuel, que na semana passada estiveram afastados dos treinos devido a problemas musculares. O médio brasileiro é mesmo a maior dúvida para a deslocação ao Reebok Stadium, tendo em conta a importância que está a ganhar no onze e a capacidade para fazer vários lugares no meio-campo e ataque. A recuperação de Frechaut também é relevante, mas o facto de Rodriguez já estar operacional e poder voltar à titularidade no centro da defesa tira dores de cabeça a Jorge Costa.
Castanheira é uma das opções disponíveis para o miolo, caso Jorginho não esteja apto, tendo afirmado depois do treino que a equipa vai apresentar-se em grande forma na quinta-feira. "Trabalhámos no duro nas duas últimas semanas. Fomos exigentes e demos o máximo para tornarmos a nossa equipa mais forte", referiu o médio português, que desconfia da crise de resultados do Bolton nos últimos jogos (caiu para o último lugar da Premier League) "Vai ser difícil, como é habitual nos jogos com equipas inglesas. O Bolton tem muita qualidade. Aliás, basta olhar para os nomes do plantel e vê-se que tem excelentes jogadores, alguns deles de nível mundial".Castanheira acredita, no entanto, que o Braga será capaz de obter um bom resultado, se possível a vitória. "Temos de trabalhar muito para marcar e, sobretudo, não podemos cometer erros. Devemos estar sempre concentrados, porque estas equipas são muito eficazes no aproveitamento dos erros do adversário. Esperamos um jogo muito difícil em Bolton, mas esperamos fazer um bom jogo", acrescentou.
Hoje, a equipa minhota volta a treinar em Braga, a exemplo doque acontecerá amanhã, já que a partida para Inglaterra só está prevista para depois de amanhã, às 10 horas.
in JN

Piratas travam AAUM\S.C.Braga

AAUM\S.C.Braga empata em Creixomil e descem para a terceira posição, a dois pontos do líder Módicus-Sandim
A equipa de futsal do S.C. Braga/AAUM deslocou-se ao terreno dos Piratas Creixomil, em Guimarães, para consentir o primeiro empate da temporada.
Depois de, nas duas primeiras jornadas, ter alcançado vitórias frente às formações do Miramar e Rio Ave, a nossa eqiupa não foi além de uma igualdade a cinco golos contra a formação vimaranense.
Os bracarenses entraram no jogo a perder, logo aos nove minutos, mas encetaram, aos 11, através do golo de Magalhães, uma reviravolta fantástica. Lino e Coroas antes do intervalo, colocaram o S.C. Braga/AAUM na frente, a vencer por 3-1.
Na segunda metade, os pupilos de Tomané ainda dilataram a vantagem (4-1), por intermédio de Coroas, mas, num minuto, permitiram que a formação da casa se aproximasse através de dois golos quase consecutivos. Rui Anão ainda colocou alguma acalmia na formação do S.C.Braga /AAUM ao apontar o 3-5, mas a má exibição e os muitos erros permitiram o 4-5 aos 16 minutos e o 5- 5 a um minuto do final. De salientar ainda a expulsão de Fabrício nos segundos finais.
Para a história fica uma exibição pobre da equipa bracarense, principalmente na segunda metade onde se apresentou bastante nervosa.
A marcha do marcador foi: 1-0; 1-1; 1-2; 1-3; 1-4; 2-4; 3-4; 3-5; 4-5; 5-5.
Os golos dos “estudantes” foram alcançados por: Magalhães, Lino, Coroas (2) e Rui Anão.
O S.C. Braga/AAUM apresentou-se em campo com o seguinte cinco base: Pli, Lino, Coroas, André Machado e Fabrício, tendo alinhado ainda Magalhães, Rui Anão e Rui Dias
.

Após este precalço, esperamos já no próximo fim de semana, com o apoio de todos, regressar ao trilho das victórias!!!!

A RTP lembrou-se de nós!



AAUM\S.C.Braga- piratas creixomil



em jogo referente à 3ª jornada do campeonato nacional de futsal da segunda divisão, convido desde já , todos os bracarenses a fazerem a curta deslocação à localidade de creixomil em Espanha de Guimarães :-), para apoiar a nossa equipa rumo a mais uma vitória.
vamos fazer juntos, desta equipa e deste projecto com um potencial enorme, uma equipa de futsal de dimensão europeia.
Assim o primeiro passo é amanha piratas de creixomil- AAUM\S.C.Braga as 19h.(ao pé do shopping à entrada da cidade têm la indicações para creixomil e para o pavilhão desportivo)
a tua Presença é fundamental!!!!!!
Vamos apoiar esta equipa!!!!

Força rapazes!!! estamos convosco

Braga - Bolton - Warm-Up (3)

Ex-adjunto foi o escolhido para os próximos jogos
Na sequência da rescisão do contrato com o técnico Sammy Lee, devido aos maus resultados e ao penúltimo lugar na Premier League, os responsáveis do Bolton apostaram no adjunto Archie Knox para orientar a equipa nos próximos jogos, designadamente na deslocação a Londres, onde amanhã o clube defronta o Arsenal, e na recepção ao Braga, na próxima quinta-feira, a primeira partida da fase de grupos da Taça UEFA. Archie Knox chegou ao Bolton no passado mês de Agosto, depois de ter abandonado o comando da selecção nacional de Sub-21 da Escócia, e do seu currículo consta uma ligação de cinco anos ao Manchester United, onde foi adjunto de Alex Ferguson entre 1991 e 1996, além de ter ainda trabalhado nas equipas técnicas do Everton e do Glasgow Rangers. O treinador começou ontem a preparar os próximos compromissos contando com o apoio de Ricky Sbragia e Jimmy Phillips, que transitam da anterior equipa técnica. No entanto, esta não é uma solução definitiva.
in oJogo

Bolton - Braga - Warm Up (2)

Hunt for new manager begins

BOLTON Wanderers have started the hunt for a new manager following the departure of Sammy Lee after just 14 games in charge at the Reebok Stadium.
The former Liverpool and England midfielder left the football club earlier today, following a disastrous start to the season.

Wanderers currently lie second bottom of the Barclays Premier League with just five points from their first nine games. They have finished the last four seasons in the top eight.

While Lee's departure had been widely predicted, the timing - 10 days after
Wanderers lost 1-0 at home to Chelsea and three days before they travel to league leaders Arsenal - took most observers by surprise.
Lee was philosophical. "There is no good time," he said before declining to comment further.


A club statement issued at 11 o'clock today, said Wanderers, Lee and Frank McParland - the general manager who was appointed in July - had agreed to part company by "mutual consent".


Chairman, Phil Gartside, said: "This has been a difficult decision for all parties, but we have agreed that the time is right. Sammy has played an important role in the club's recent history. We wish Sammy and Frank well for the future.
"Our efforts will now be to look for a replacement manager and to concentrate on the future."

While results undoubtedly conspired against him, Lee's position was not helped by repeated rumours of dressing room unrest and of senior players and backroom staff questioning his methods. The damaging speculation was fuelled last week when veteran midfielder, Gary Speed, who had been dropped from the squad, gave up his coaching role to focus exclusively on playing.

Lee, who appointed Speed as player-coach in May, said he had relieved the 38-year-old former Wales international of his duties, but the player insisted he had resigned.

Already under pressure to lift Wanderers out of the relegation zone, Lee's position was considered by many as "untenable".

Lee faced a daunting task when he took on his first managerial role, succeeding Sam Allardyce on April 30, two games from the end of last season.

In the previous seven and a half years, Allardyce had helped transform Wanderers from a struggling Division One club into a formidable Premiership force and was always going to be a hard act to follow.

Lee, who joined Wanderers as assistant manager in July 2005 after impressing in coaching roles with Liverpool and England, said he relished the challenge.

"It is a great legacy that Sam has left and it is my job now to carry that forward," he said. "It took me one second to accept the job after it was offered to me."

But his reign lasted just 171 days. Of his 14 matches in charge, Wanderers won three, drew four and lost seven. Two of those victories, however, came in cup competitions - a dramatic Carling Cup win at Fulham which booked a home tie against local rivals Manchester City in the last 16, and a victory over Macedonian minnows, Rabotnicki, which secured a place in the group stages of the UEFA Cup in which they will meet the German giants Bayern Munich.

His case was not helped by a succession of key figures leaving the highly-acclaimed backroom staff, many of whom followed Allardyce, when he was appointed manager of Newcastle United.

But the threat of relegation from the Premiership, which would be a financial disaster, was the biggest concern of the Reebok hierarchy. And, despite wanting to give the new manager time to turn things round, a single league win - at home to an under-strength Reading side - put increasing pressure on the club's owner, Eddie Davies, and chairman Gartside to opt for a change now rather than later.

Archie Knox, the former Manchester United and Everton assistant manager who joined Wanderers last month as coaching co-ordinator, is understood to have been placed in charge of team affairs on a temporary basis ahead of Saturday's game at Arsenal.

Former Wigan Athletic manager, Paul Jewell, who resigned at the end of last season saying he needed a break from football, is the bookies' favourite to succeed Lee.

in The Bolton News

Podem ver o video aqui.

Bolton - Braga - Warm-Up (1)

Hussain livre contra o Bolton

Influente nos encontros com o Hammarby e o Nacional, Hussain chegou a ser encarado como uma ausência de vulto para os próximos compromissos do Braga, frente a Bolton e Naval, agendados para os dias 25 e 28 de Outubro, respectivamente. O médio-ofensivo foi convocado para a selecção do Catar para uma jornada dupla contra o Sri Lanka, nos dias 21 e 28 de Outubro, a contar para a qualificação para o Mundial'2010, e ficaria por isso automaticamente afastado dos próximos jogos dos minhotos, mas tal já não acontecerá. Inconformado com esta contrariedade a duplicar, o Braga solicitou, à federação do Catar, a dispensa de Hussain, e tudo aponta para que receba, por fax, uma resposta positiva. Pelo menos, foi essa a indicação que deu o próprio seleccionador catarense numa conversa telefónica com o jogador, que, curiosamente, está impedido de viajar para outros países nesta altura, depois de ter sido assaltado em Lisboa, onde passou o fim-de-semana com a família. Além da bagagem e de um telemóvel, Hussain perdeu ainda o passaporte, pelo que os próximos dias serão preciosos no sentido de reaver toda a sua documentação, incluindo o visto de residência em Portugal, precisamente com o objectivo de acompanhar a equipa na deslocação ao recinto do Bolton.

Antes de Hussain receber a informação de que já não terá de se apresentar na concentração da sua selecção neste fim-de-semana, o Braga chegou a equacionar a possibilidade de contestar, junto da FIFA, o facto de não se ter actualizado o adiamento dos jogos entre o Catar e o Sri Lanka, inicialmente agendados para os dias 3 e 17 de Outubro.

Treinador despedido

Os maus resultados do Bolton na Premier League, onde ocupa o penúltimo lugar da classificação, estiveram na origem da saída do técnico Sammy Lee. Em vésperas da deslocação a Londres, onde, depois de amanhã, o Bolton defronta o Arsenal para o campeonato, e da recepção ao Braga, no próximo dia 25, em jogo referente à fase de grupos da Taça UEFA, os responsáveis do clube estão a tentar encontrar um sucessor para o comando técnico, conforme afirmou o presidente Phil Gartside: "O nosso objectivo é contratar um treinador o mais rapidamente possível e concentrarmo-nos no futuro." Já sobre a rescisão contratual de Lee, por mútuo acordo, o presidente do clube britânico sublinhou ter sido "uma decisão difícil", mas tomada "na altura certa". Em relação ao plantel, Anelka, lesionado, continua em dúvida para o confronto com o Braga.
in oJogo

futsal S.C.Braga\AAUM


boa noite caros leitores deste blogue já de referência de referencia.

apos conversa com um dos administradores do blogue braga-sempre foi-me endereçado o convite para cobrir todas as noticias relacionadas com a equipa de futsal do s.c.braga, agora integrada num novo e ambicioso projecto em parceria com a associaçao académica da universidade do minho.

procurarei passar a melhor informação possivel sobre o projecto e cativar os bracarenses para este grande projecto.

Assim fica desde já o convite para assistirem ao jogo contra os piratas de creixomil relativo à 3ªjornada do campeonato da segunda divisão, onde a nossa equipa têm 2 victorias alcançadas, noutros tantos jogos.


Força rapazes estamos convosco

Carta de renúncia no correio

Prossegue o pingue-pongue entre António Salvador e monsenhor Eduardo Melo. O dirigente fez questão de anunciar, na última assembleia geral do clube, a intenção de abandonar o Braga no fim do mandato; já o presidente do Conselho Geral acredita que conseguirá convencê-lo a manter-se em funções durante mais três anos, tendo mesmo pré-agendada, para terça-feira, uma assembleia eleitoral destinada precisamente a oficializar a sua recondução na presidência do clube, que, no entanto, acabou por ser desconvocada. O optimismo de Eduardo Melo voltou a esbarrar, todavia, na irredutibilidade de António Salvador, e só mesmo uma conversa decisiva entre os dois, que deverá acontecer dentro de dias (talvez ainda hoje), poderá alterar a vontade do presidente arsenalista.

É sabido que a maioria dos associados do clube e accionistas da SAD pede a sua continuidade, mas Salvador continua a dar sinais de não querer aceitar, e o mais recente seguiu em forma de carta, uma carta de renúncia que já chegou às mãos do presidente do Conselho Geral, depois de ter passado primeiro por João Marques, o presidente da Mesa da Assembleia Geral. "Essa carta reiterava a vontade de não continuar no clube como presidente, embora sem apresentar motivos. Vamos continuar a procurar uma solução para o clube, que só poderá passar por Salvador", salientou João Marques, revelando ao mesmo tempo ter promovido ontem uma reunião de emergência com António Salvador e monsenhor Eduardo Melo, com o objectivo de fazer o ponto da situação, que, como é sabido, continua crítica. "Ninguém se atreve a procurar alternativas, pois apenas desejamos a continuidade de Salvador. Não pensamos em mais ninguém", reforçou.

Sem nada na manga, monsenhor Eduardo Melo continua a apostar na sua principal arma: a persuasão. "O António Salvador disse, na última AG, que não se candidatava, mas uma coisa é ser candidato, outra coisa é ser candidatável. Se falarmos com ele, pode ser que aceite continuar. Vamos continuar a ouvir as condições dele, com calma e tempo", adiantou o líder do Conselho Geral, um órgão consultivo composto por antigos presidentes e sócios ilustres do clube.

Projecto da Academia continua na gaveta


O céu parece ser o limite para António Salvador. O dirigente do Braga sonha com a conquista de um troféu, mas também deseja enriquecer o património do clube com a construção de uma academia de futebol, projecto que só sairá da gaveta quando a Câmara Municipal da cidade se resolver a apoiar por meio da cedência de terrenos e de algumas verbas . Só assim será possível a construção desta infra-estrutura desportiva, idêntica às dos três grandes, pois envolve sete campos relvados, um miniestádio, um pavilhão desportivo, um ginásio para musculação, duas piscinas e até um hotel. O que existe em papel já foi apresentado à autarquia presidida por Mesquita Machado, mas de pouco valeu... até ao momento. Ciente deste desejo, monsenhor Eduardo Melo, o presidente do Conselho Geral, acredita tudo se resolverá. "É de interesse público, e a Câmara Municipal só não ajudará se não puder", referiu.
in O jogo

Matheus sobre o Sp. Braga: «Não fui bem aproveitado»

Matheus é jogador do Sporting de Braga, mas ainda não se conseguiu afirmar nos «arsenalistas», com quem tem contrato válido até 2009. Na época passada foi emprestado ao Beira Mar e agora está cedido ao Vitória de Setúbal, onde se tornou uma das figuras da Liga. As boas exibições fazem questionar os motivos pelos quais os bracarenses não rentabilizaram ainda este activo. O jogador diz que o problema não esteve do seu lado.

«Não fui bem aproveitado. Não tive oportunidades, embora trabalhasse bem», disse Matheus ao Maisfutebol, considerando que tinha valor para jogar na equipa minhota: «Acho que tinha lugar em qualquer equipa, mas o Sp. Braga tem bons profissionais e torço por eles. Fiz grandes amigos lá.»

O plantel do Sporting de Braga «tem o dedo» de Jorge Costa, mas Matheus afasta do jovem técnico a responsabilidade do segundo empréstimo. «Ele não tem culpa. Eu pedi para ser emprestado. Disse que queria trabalhar novamente com o mister Carvalhal. Fiz uma boa escolha», explica.

O que é certo é que os responsáveis bracarenses já devem ter lamentado o empréstimo de Matheus. Mais do que não seja porque a equipa minhota já perdeu duas vezes com Vitória de Setúbal esta época, e o brasileiro marcou em ambas as ocasiões. «Não vou mentir. Foi especial. O Sp. Braga é o clube com o qual tenho contrato mas agora tenho de pensar no Vitória de Setúbal. Jogo no ataque e a minha função é procurar fazer golos. Foi isso que aconteceu», defendeu o jogador.
in MaisFutebol

Voleibol Feminino

SPORTING DE BRAGA ESTREIA-SE HOJE NA DIVISÃO A1

O Sporting de Braga estreia-se hoje nos Açores, frente ao Clube K, no Campeonato Nacional da Divisão A1 feminina. A equipa orientada por João Lucas, que já tinha ficado muito perto da subida no final da época transacta, conseguiu um lugar no escalão principal após vencer o Boavista no «playoff» de promoção, realizado devido à desistência do Académico de Famalicão. Numa decisão a duas mãos, a equipa bracarense bateu as «axadrezadas» por 3-0 no primeiro jogo em casa e depois voltou a triunfar, desta feita no Porto, por 3-1, celebrando, deste modo, a ascensão à A1. Já o Ala Nun’Álvares de Gondomar, também recém-promovido, vai iniciar amanhã a época no reduto do Câmara de Lobos. A primeira ronda contempla ainda o jogo Ribeirense-Gueifães.
in Norte Desportivo

Outros Videos - O Último gajo do União!

Roland Linz confiante

Com o sol a brilhar novamente em Braga, após um par de vitórias que garantiram a entrada na fase de grupos da Taça UEFA e o relançamento no campeonato, o ponta-de-lança Roland Linz tem reforçados motivos para voltar a sorrir. O autor do golo que ditou a vitória da última segunda-feira sobre o Nacional não duvida que o mau tempo já passou. Ultrapassado o apertado calendário de Setembro, a produção só poderá melhorar.“Estamos a atravessar uma fase muito boa e queremos dar continuidade a esta subida de forma. Temos tempo suficiente para preparar da melhor forma o próximo jogo (dia 25, com o Bolton, para a UEFA), que será muito importante para o clube e para todo o grupo de trabalho”, destaca o avançado austríaco, perfeitamente adaptado ao novo emblema: “Sinto-me muito bem em Braga. Estou numa equipa muito amiga, que possui um staff excelente e oferece tudo o que os atletas precisam para render ao mais alto nível.”Ainda a digerir o resultado do sorteio de Nyon, Linz não deixa de apresentar uma visão optimista quanto ao futuro dos arsenalistas na prova: “Ficámos colocados num grupo forte, com quatro boas equipas. Mas é muito bom para nós estarmos envolvidos nesta luta e vamos dar tudo para ter sucesso.”Uma luta que Linz adivinha “árdua mas motivadora, porque todos os jogadores gostam de lutar pelo Sp. Braga e esperam passar à fase seguinte”. Tanto mais que “jogar na UEFA é sempre especial, pela experiência que se ganha e por ser uma janela de oportunidades”.
in Record

Salvador sucede a...Salvador?!

O impasse directivo em que mergulhou o Braga está quase a ser ultrapassado. É verdade que António Salvador anunciou atempadamente a intenção de passar o testemunho a outro, invocando motivos pessoais e profissionais, e também é indesmentível que ninguém se apresentou disponível para assumir a presidência do clube, facto que originou a desconvocação de uma assembleia geral eleitoral agendada para hoje, mas tudo aponta para que se conheça já na próxima terça-feira (16 de Outubro) o novo líder dos minhotos. Ou seja, verificou-se então um adiamento propositado do tal acto eleitoral e não uma pura desconvocação, sem alternativa e datas à vista. Afinal, tudo estava previsto pelo Conselho Geral, o órgão responsável pela escolha dos líderes do clube, incluindo a forte possibilidade de ninguém avançar com uma candidatura, daí que o cenário mais certo nesta altura e, ao mesmo tempo mais desejado pela maioria dos associados (acima dos 80 por cento) - tal como espelhou uma recente sondagem promovida por um diário local, seja a reeleição de António Salvador para mais um mandato válido por três anos. No fundo, é quase a repetição de um filme antigo em Braga e a verdade é que basta recuar três anos no tempo para se encontrar a sua última reposição, tendo já como principal protagonista o actual presidente do clube.
Desfeitas as poucas dúvidas que ainda restavam neste processo, apenas falta acontecer uma reunião formal entre monsenhor Eduardo Melo, o presidente do Conselho Geral, e António Salvador, acto que deverá acontecer entre hoje e amanhã, pois o dirigente bracarense regressou precisamente ontem a Portugal de uma viagem de negócios, motivo pelo qual não teve a oportunidade de assistir ao último encontro da equipa, frente ao Nacional, que se saldou numa segunda vitória, depois do brilharete contra o Hammarby (4-0), que ditou a passagem dos minhotos à fase de grupos da Taça UEFA. Contactado por O JOGO, monsenhor Eduardo Melo mostrou-se optimista. "Vamos conversar em breve. António Salvador é um grande bracarense, responsável e é muito dedicado ao clube. Esperamos que ele atenda ao nosso pedido", testemunhou.

É muito mais do que Salvador

Polémico quanto baste, António Salvador figura entre os predestinados no mundo da construção civil. Com apenas 36 anos, o actual presidente do Braga é dono de um verdadeiro império (Britalar) e a sua experiência no mundo empresarial tem valido ouro na qualidade de dirigente desportivo, onde se estreou ainda jovem, ao serviço do Bairro da Misericórdia (AF Braga). Foi num contexto de presidência bicéfala que Salvador chegou ao clube arsenalista, embora já com a missão de gerir o mais complicado de tudo: a SAD. A sua primeira medida foi contratar Jesualdo Ferreira e acertou em cheio, pois em pouco tempo o Braga posicionou-se entre as quatro melhores equipas nacionais. Tendo a Gestifute, de Jorge Mendes, como principal aliado, transformou ainda o Braga numa poderosa máquina de fazer negócios (transferências de jogadores) e há um ano, no fim de um Braga-Parma, disse que era "uma vergonha" uma assistência de seis mil espectadores. Chamaram-lhe megalómano. Sem nenhuma razão.
in O JOGO

Finalemte já tenho o meu...

E como tal, a partir de agora deixo de ser o Sócio nº6960 para ser o Sócio nº4567

Acabou o Ramadão!!!

Expirado esta madrugada o período (30 dias) do Ramadão, Hussaine pode respirar de alívio. Com o fim das refeições obrigatoriamente nocturnas, volta a poder lutar de igual para igual por um lugar no onze de Jorge Costa. Feliz por ver assinalado hoje, no calendário muçulmano, o início do Al-Eid – três dias em que se celebra o fim do Ramadão em festas familiares, com as refeições e demais rotinas quotidianas a poderem fazer-se à luz do dia – o qatari não deixou também de se sentir aliviado.“Estou habituado a este período e acho que supero bem o facto de me alimentar só de noite. No Qatar era mais difícil porque jogávamos à noite, mas tínhamos autorização para nos alimentarmos normalmente nos dias dos jogos. Sempre que foi preciso estive ok”, comentou a Record, sem evitar um sorriso forçado, mas compreensivo, perante o espanto dos ocidentais com os hábitos e costumes da sua religião.
Os efeitos do Ramadão na prestação do “primeiro jogador do Qatar a jogar na Europa” motivou mesmo o envio a Braga de uma equipa de reportagem de um canal televisivo local (Al Kass), cujo repórter resumiu a importância que é dada a Hussaine no seu país. “Para nós era um orgulho muito grande vê-lo jogar como titular no Sp. Braga. Toda a gente quer saber as razões da perda da titularidade.”

in Record

Candido Costa

"Acredito que num dia sim o Braga poderá surpreender o Bayern"
O que tem de fazer o Braga para conseguir vencer o Bayern de Munique. Quais devem ser as suas principais preocupações?
À partida, o Braga deve e terá aspirações a poder ganhar a partida, embora reconheça também a força e potência que o Bayern ostenta no futebol europeu. O Belenenses teve as suas hipóteses de o eliminar e, por isso, acredito que num dia sim formam um conjunto forte no seu todo, e ainda têm várias individualidades que podem desequilibrar, nomeadamente o Ribéry, que acelera todo o jogo ofensivo e é muito perigoso. Trata-se, sobretudo, de uma equipa com muita consistência.

"O Braga também está mais forte, estruturado e com força para vencer"
Comparativamente com o ano passado, este grupo é mais complicado? Vê hipóteses de o Braga se qualificar para a fase seguinte?
Há duas maneiras de ver as coisas. No ano passado, o grupo em que o Braga competiu parecia, de facto, ser mais acessível. O sorteio, desta vez, ditou uma situação nova, mas se este grupo é mais forte o Braga acompanha a lógica, já que se tornou numa equipa igualmente mais forte, mais bem estruturada e com maior força. Ainda bem que foi este ano que o grupo F se lhes deparou, porque este Braga está mais forte e preparado, logo com mais e melhores condições para discutir a qualificação para a fase seguinte.

"Eles vão surgir a um bom nível e prontos para discutir a vitória"

A interrupção na Liga poderá afectar a equipa, uma vez que o regresso à competição será contra o Bolton, para a Taça UEFA?
As equipas hoje em dia aproveitam as paragens de forma benéfica e a época está estruturada pelas equipas técnicas prevendo e cuidando destas situações pontuais. O plantel do Braga, com toda a organização que tem por trás, vai conseguir também isso e vai surgir a um bom nível frente aos ingleses e pronto para discutir a vitória. Trata-se de uma equipa experiente, que sabe o que quer e que está preparada para enfrentar todos os desafios, pelo que não vejo razões para a equipa não chegar à data do jogo em Inglaterra com as melhores condições reunidas para discutir o resultado e sair com um desfecho positivo

in OJogo

Braga ---------------------------------------------------------- Bolton

VAMOS??

"Familia Academista" - o 8º Jogador!


Numa altura onde se fala dos resultados e das boas e seguras exibições que o ABC tem vindo a efectuar desde o inicio da temporada, é também importante ressalvar a importância daquele "elemento", aquele 8º "elemento" que tem também feito a diferença...o público!
Agradecer e enaltecer o muito público que se tem deslocado ao Sá Leite é pouco para tão grande papel que este tem desempenhado.
Voltamos a viver o "inferno amarelo" em Braga e a "família academista" é a principal responsável.
Obrigado a todos e contamos convosco para a próxima partida, desta vez contra o Madeira SAD no Domingo (16h)!

FORÇA ABC! O ABC SOMOS TODOS NÓS!!

Saudações desportivas,
A equipa do ABC de Braga

in abcdebraga.com

Assembleia Geral Eleitoral


Comunico aos sócios do Sporting Clube de Braga que, por solicitação do Ex.mo Senhor Presidente do Conselho Geral, e em virtude de ainda não haver uma decisão sobre o nome a indicar para o acto eleitoral, não se realiza a reunião da Assembleia Geral convocada para 12 de Outubro do corrente ano.
A mesma realizar-se-à em data a anunciar oportunamente, conforme aviso convocatório que será feito.

Braga, 10 de Outubro de 2007
O Presidente da Assembleia Geral,
João da Silva Marques
in scbraga.pt

O que nos espera na Grécia...




Ficha clínica:

Os jogadores do SC Braga Dani Mallo, Lenny e Stélvio estiveram ontem no Estádio AXA para tratarem as respectivas lesões. Após uma excelente exibição frente ao Nacional da Madeira, o guarda-redes espanhol contraiu traumatismos nas duas mãos e, por precaução, foi mesmo submetido a um raios X, cujo resultado final lhe foi favorável uma vez que não existe qualquer fractura.
Rodriguez seguiu para o Peru, onde se juntará à sua selecção. Por incrível que pareça, mesmo lesionado Rodriguez foi convocado e vai ter que se juntar aos seus colegas.
Madrid também sofreu traumatismo, obrigado a abandonar a partida frente ao Nacional sobre a meia hora, as suspeitas de fractura no tórax de Madrid não se confirmaram, derivando as dores de um segundo traumatismo que o atleta sofreu. O jogador vai ser poupado nos próximos dias.

Braga seria favorito se o jogo fosse em Portugal

Ricardo Vaz Té, a recuperar de uma lesão, não vai defrontar o Sp. Braga no próximo dia 25, jogo referente à primeira eliminatória da Taça UEFA, mas o avançado do Bolton aproveita para deixar um aviso à formação minhota: "O Bolton não está numa boa fase e o Braga seria favorito se o jogo fosse em Portugal. Mas a jogar em Inglaterra vai ser difícil", alertou. E lamentou: "Seria muito bom defrontar uma equipa portuguesa na Taça UEFA, mas infelizmente não posso. Acho que vai ser um jogo interessante, pois o Sp. Braga joga bom futebol."
in Record

FIFA vai avançar com dois árbitros de baliza


A FIFA vai introduzir dois árbitros adicionais em campo a título experimental no Mundial de clubes. O papel exacto dos árbitros de baliza será definido mais perto da competição, explicou um porta-voz do organismo citado pela agência Reuters.
A introdução de árbitros colocados junto à linha de fundo é uma das medidas em estudo para ajudar a arbitragem dos jogos. O Mundial de clubes deve ser usado também para testar a tecnologia que ajudará a perceber se a bola passou a linha de golo, através de sensores, cujos testes foram aprovados já pelo International Board, o organismo responsável pela alteração das leis do futebol.
A informação do avanço da experiência dos árbitros de baliza foi divulgada após a primeira reunião do novo Comité Estratégico da FIFA, que reúne representantes dos jogadores, dos clubes e de todos os agentes ligados ao futebol.


in maisfutebol.iol.pt

Calendário de jogos:


1ª jornada:
Bolton x SC Braga
Dia: 25 de Outubro
Estádio: Reebok Stadium - Bolton

2ª jornada:
Isento
Dia: 08 de Novembro

3ª jornada:
SC Braga x Bayern
Dia: 29 de Novembro
Estádio AXA

4ª jornada:
Aris Salónica x SC Braga
Dia: 06 de Dezembro
Estádio: Kleanthis Vikelidis - Salónica

5ª jornada:
SC Braga x Estrela Vermelha
Dia: 19 de Dezembro
Estádio AXA

Fase de grupos da Taça UEFA

É já hoje o sorteio


O Sp. Braga, única equipa portuguesa que se conseguiu qualificar para a fase de grupos da Taça UEFA, vai conhecer hoje, no sorteio a efectuar em Nyon (11 horas em Portugal Continental), os quatro rivais que terá de defrontar.O clube minhoto ficou incluído no pote 3, o que significa que terá todas as possibilidades de seguir em frente pois, em teoria, terá dois adversários mais fracos pela frente. Registo para o facto de os bracarenses poderem ter de enfrentar o Estrela Vermelha, conjunto que há duas épocas – com Stojkovic na baliza... – impediu a equipa então treinada por Jesualdo Ferreira de passar a primeira eliminatória da mesma prova, ou o AZ, que também lhes ganhou na temporada transacta.Certo é que os arsenalistas não terão de defrontar Atlético Madrid (de Simão, Maniche e Zé Castro) ou Everton (de Nuno Valente)...


in Record

Sp. Braga-Nacional, 1-0 (crónica)

A goleada europeia de quinta-feira não sossegou, afinal, os espíritos inquietos que se movimentam em Braga.

A equipa até ganhou, conseguiu o mais óbvio, mas fê-lo apenas de grande penalidade e quando faltavam cinco minutos para o fim.

Fê-lo também numa altura em que parecia que era o Nacional que estava por cima e mais perto da vitória. Com jogadas de perigo sucessivas junto da baliza de Dani.

No essencial, portanto, a vitória não disfarça que este Sp. Braga continua nervoso e a jogar no limite do risco.

Bastaram aliás duas ou três saídas rápidas do Nacional em contra-ataque para se abrirem várias feridas antigas. Os adeptos ficaram ansiosos, os jogadores perderam a tranquilidade. A partir daí foi a bola de neve do costume.

O Sp. Braga até tinha criado a primeira oportunidade de perigo, numa finalização de Linz que quase deu golo, mas a memória dessa jogada perdeu-se num instante.

Sem dinâmica para chegar a zonas de finalização

Perante um Nacional bem fechado sobre a defesa, que ocupavam bem os espaços e diminuía linhas de passe, os jogadores de Jorge Costa nunca encontravam forma de entrar em zona de remate.

A equipa afirmava-se sobre o jogo, pegava na bola e tentava partir para cima do adversário, mas todas as boas intenções se diluíam nos últimos trinta metros.

Faltava-lhes dinâmica. Estava sempre tudo muito parado à espera que o companheiro do lado resolvesse. Sem desequilíbrios, o futebol bracarense tornou-se previsível.

Já o Nacional, que também chegou a este jogo moralizado por uma vitória, na última jornada, saía bem em contra-ataque e criava perigo. Fellype Gabriel só não marcou porque César Peixoto lhe tirou a bola em cima da linha de baliza, Juliano Spadacio marcou mesmo mas o golo foi anulado (mal anulado, parece).

No final da primeira parte, o Sp. Braga tinha conseguido apenas duas ocasiões de golo, na tal finalização de Linz já referida e num outro remate do mesmo Linz que Ricardo Fernandes tirou em cima da linha de baliza.

Breves ameaças e outra vez o mesmo... até a grande penalidade

O início da segunda parte até parecia apresentar alguma coisa diferente. Jorginho rematou forte para nova defesa de Diego Benaglio, Wender atirou cruzado a rasar o poste. Mas foi ilusão de óptica. Dez minutos apenas e os bracarenses voltaram a cair de produção.

Então apareceu o Nacional. Juliano Spadacio pegava na bola e distribuía futebol, o jogo fluía pelas alas e o perigo chegava à baliza de Dani Mallo. Fellype Gabriel, Cássio e Frechaut (num desvio mal calculado), criaram perigo para a baliza bracarense.

Até que Ricardo Fernandes cortou com a mão uma bola que não parecia levar perigo em demasia. Pedro Proença tomou uma das poucas decisões acertadas da noite, Linz converteu a grande penalidade e o Sp. Braga partiu para uma vitória muito sofrida.

Pedro Proença, figura indesejada

A crónica não pode acabar sem se falar do árbitro. Pedro Proença acabou por ser a figura de um jogo que terminou louco e eléctrico. Acertou na grande penalidade de Ricardo Fernandes e acertou numa outra mão na bola involuntária do mesmo jogador dentro da área, mas anulou um golo ao Nacional muito duvidoso.

Para além disso cometeu várias falhas mais pequenas, expulsou três jogadores e instalou a confusão no final. Perdeu a mão no jogo e Jokanovic também perdeu a paciência... Abandonou o banco, tal como o presidente Rui Alves, ainda com o jogo a decorrer.

in Maisfutebol

Braga - Nacional: Como ver o jogo na net

Fica aqui a dica para os interessados:

Principalmente os "emigrantes" como eu, tem aqui uma hipotese de ver o ENORME!

Convite à leitura:

Voleibol Feminino do Braga vence de novo e sobe à A1!!!

PARABÉNS!!

Fruto da desistência do Académico VC na divisão A1, proporcionou -se ao SCBraga disputar um jogo contra o Boavista (equipa que desceu da divisão A1), oportunidade essa muita bem aproveitada pela formação bracarense que venceu por 3-0 e 3-1 os dois confrontos.

Destaque para a informação de que contaram com apoio de alguns bracarenses no Pavilhão da Escola Fontes Pereira de Melo ... Esperemos que este apoio se multiplique na mesma dimensão do feito das jogadoras bracarenses!

Tal como no hóquei patins masculino, que recentemente subiu ao primeiro escalão, Braga está agora também representada ao mais alto nível no Voleibol Feminino e estes sucessos das modalidades "amadoras", são um importante passo para a contínua afirmação e destaque, do clube e da cidade, no panorama do desporto nacional ... Os mais sinceros parabéns da administração deste blog!

Braga Sempre!


Só sobrou o Braga!


SC Braga-Hammarby, 4-0 (Wender 46', Jorginho 68', Linz 79' gp, Hussaine 90'+3)
Leiria-Bayer Leverkusen, 3-2 (Cadú 3', João Paulo 12', Laranjeiro 90+3'; Papadoupolos 10', Kiessling 88')
Belenenses-Bayern Munique, 0-2 (Luca Toni 59', Altintop 77')
AZ Alkmaar-Paços de Ferreira 0-0

Ranking da UEFA

As vitórias de Sporting, F.C. Porto, Sp. Braga e União de Leiria permitiram a Portugal, que ocupa a nona posição, aproximar-se um pouco da Holanda, mas não chegaram para impedir a descolagem da Rússia.
Esta posição coloca em sérios riscos o futuro dos clubes portugueses nas competições europeias, apesar de ainda estarmos no início. Portugal já perdeu três equipas e a Rússia, a sétima posicionada, ainda não viu nenhuma ser eliminada. A Holanda está em bem pior situação.
O oitavo classificado tem apenas direito a uma equipa directamente na fase de grupos na Liga dos Campeões e outra na pré-eliminatória, mais duas na Taça UEFA, uma das quais na segunda eliminatória.
O sexto classificado do ranking tem direito a duas equipas directas na Liga dos Campeões e uma na terceira pré-eliminatória, além de três na Taça UEFA, situação que se verifica actualmente no futebol português,mas pode ser perdida a partir de 2009, caso não se alcance o sexto posto no final desta época.
Os efeitos do ranking desta época sentir-se-ão em 2009/10.

in maisfutebol.iol.pt

Reacções depois do jogo

Jorginho:
«Estou feliz pelo golo que marquei, mas estou feliz sobretudo por termos conseguido o resultado que pretendíamos: a vitória que nos permitiu passar a eliminatória. Se foi o primeiro jogo em Braga ao meu melhor nível? Acho que sim. Graças a Deus pude dar o meu melhor contributo, marquei um golo, ajudei os companheiros, acho que foi um bom jogo. Nunca escondi que me sinto melhor no meio, hoje joguei nessa posição e fico feliz por ter correspondido, mas estou à disposição do treinador para jogar onde ele quiser. Acho que hoje foi a reconciliação com os adeptos. Estávamos à procura de uma vitória para oferecer aos associados, hoje conseguimo-la e estamos todos mais felizes»
Wender:
«Jogámos desde o primeiro minuto para vencer, sufocámos o Hammarby na primeira parte, mas a bola não entrou. Cruzámos mais de trinta bolas para dentro da área, o perigo passava sempre à procura de um pé, mas esse nunca surgia. Felizmente no início da segunda parte fizemos o golo que nos trouxe tranquilidade e permitiu-nos ir à procura de mais golos com mais segurança. Conseguimos isso e vamos agora tentar sair desta fase menos positiva em que estávamos. O meu golo foi importante, mas todos foram importantes para nos tirar desse tempo chuvoso. Vamos ver agora o que nos reserva o sorteio da Taça UEFA e vamos tentar ganhar dois jogos em casa como o ano passado para que possamos como o ano passado chegar aos oitavos-de-final»
Aloísio:
«Foi um bom jogo e conseguimos marcar golos, coisa que nos estava a falar nos últimos jogos. Acho que nos vai dar confiança para os próximos jogos e vai dar tranquilidade aos adeptos. Analisámos o jogo durante a primeira parte, ao intervalo passámos as correcções necessárias aos jogadores e na segunda parte fomos mais agressivos, conseguindo dessa forma atingir os objectivos. Não foi fácil passar esta eliminatória, o Hammarby tem qualidade, mas passámos e conseguimos atingir o nosso principal objectivo. Vamos sair da situação menos boa em que estávamos».
Toni Gustavsson (Treinador do Hammarby):
«Para se ganhar um jogo destes é preciso ser muito eficazes e nós hoje fomos muitos eficazes: marcámos dois golos. O primeiro foi anulado por uma falta que mais ninguém viu e o segundo foi anulado por um fora-de-jogo que posso garantir não ter existido e que a televisão vai confirmar. Acho que o árbitro esteve muito mal hoje. Anulou-nos dois golos e pelo menos o primeiro ninguém percebeu onde esteve a falta».

Um palhaço chamado Dida!

Por muito grave que seja a invasão do relvado pelo adeptos, mais grave ainda é a atitude do guarda-redes brasileiro a simular a lesão.

Sabias que o SC Braga é o 3º Clube português no Ranking IFFHS?

O SC Braga é o 3º Clube português no Ranking Mundial de Clubes da Federação Internacional de História e Estatística do Futebol. Apesar de ter decido para a 104ª posição, com os mesmos 114 pontos que Al-Faysali Amman (Jordânia); Clube Atlético Paranaense Curitiba (Brasil) e Banfield (Argentina), o SC Braga encontra-se à frente do Sporting neste ranking. Acima do SC Braga apenas se encontram Benfica e Porto. Abaixo do SCBraga, a nível nacional, e na lista dos primeiros 350 Clubes, estão o Sporting (112º), Belenenses (241º) e Leiria (273º).

O Braga continua ENORME!

ABC soma mais uma vitória

O ABC de Braga deslocou-se esta noite ao reduto do FC Porto e venceu por 31-28, num jogo onde José Costa e Zelenovic foram figuras de destaque ao apontarem 9 e 6 golos cada, respectivamente.Vitória importante na casa de um rival, demonstrando toda a garra e concentração de um bi-campeão, num jogo onde o FC Porto se apresentava com o reforço ex-academista, Eduardo Filipe, também ele com uma boa prestação na partida.Com este resultado, o ABC coloca-se isolado na 1ª posição do campeonato com a 4ª vitória, em tantos outros jogos.
Este Domingo há Taça EHF! Todos ao pavilhão!!Força ABC! Força Campeões!! O ABC somos todos nós!
in ABC

SORTEIO DA FASE DE GRUPOS DA UEFA: Sp. Braga no Pote 3!

Pote 1

Villarreal (Espanha), Bayern Munique e Bayer Leverkusen (Alemanha), AZ Alkmaar (Holanda), Panathinaikos (Grécia), Basileia (Suíça), Bordéus (França) e Anderlecht (Bélgica).

Pote 2

Tottenham e Bolton (Inglaterra), Lokomotiv Moscovo e Zenit (Rússia), Sparta Praga (Rep. Checa), AEK Atenas (Grécia), Hamburgo (Alemanha) e Austria Viena (Áustria)

Pote 3

Spartak Moscovo (Rússia), SP. BRAGA (PORTUGAL), Galatasaray (Turquia), Atlético Madrid e Getafe (Espanha), Everton (Inglaterra), Fiorentina (Itália) e Rennes (França).

Pote 4

Hapoel Telavive (Israel), Estrela Vermelha (Sérvia), Copenhaga (Dinamarca), Toulouse (França), Dínamo Zagreb (Croácia), Panionios (Grécia), Nuremberga (Alemanha) e Mlada Boleslav (Rep. Checa).

Pote 5

Aris Salónica e Larissa (Grécia), Aberdeen (Escócia), Zurique (Suíça), Aalborg (Dinamarca), Brann (Noruega), Elfsborg e Helsingborg (Suécia).